Dá Para Tocar Piano Sem Ler Partitura? Me Ensina Então!

Dá para tocar piano sem ler partitura?

Aprender a ler partitura não é algo muito fácil. E, geralmente, quando a pessoa começa a aprender a teoria, começa a aprender a ler partitura paralelamente.

Porém, nem sempre isso acontece…

Em alguns casos, a pessoa pode aprender a teoria bem, saber tocar ainda melhor, mas não saber ler uma partitura.

E aí? Dá para aprender a tocar bem piano sem ler partitura?

A resposta é sim!

Você já ouviu falar em músicos como Herbert Viana, ou Stevie Wonder? Herbert, integrante da banda Paralamas do Sucesso, não sabe ler partitura. Stevie Wonder, por ter uma deficiência visual, não pode ler e mesmo assim toca maravilhosamente bem.

Esse é o famoso “tocar de ouvido”. Você já ouviu essa expressão antes? Conhecendo ou não, vamos explicar como você pode começar a tocar mesmo sem aprender a ler partitura!

 

Tocando de ouvido

A primeira etapa é escolher uma música de seu gosto, uma música que você realmente tenha vontade de aprender e que conheça muito bem, que saiba diferenciar cada nota e tom.

A segunda coisa é focar somente nessa música. Evite ficar tentando tocar diferentes músicas pela metade, porque além de não conseguir tirar uma música inteira e não aprender de verdade, não conseguirá lidar com muita informação ao mesmo tempo logo no início.

A terceira coisa é procurar no YouTube a música que você deseja tocar. Veja se já existe algum tutorial ensinando como tocar o ritmo e quais teclas devem ser tocadas de acordo com a partitura.

Agora, para fins práticos, vamos dar uma dica de como você pode modelar um teclado em um papel para não se esquecer das notas e de como tocar os acordes.

 

Pegue um lápis e papel

Faça um desenho, mesmo que simples, de uma representação de um teclado ou piano com as 88 teclas. Você pode pegar a imagem pronta na internet, mesmo.

Sem seguida, pegue uma régua e trace com o lápis linhas verticais partindo da divisa entre uma tecla e outra. Faça isso com todas as teclas, e em seguida trace linhas horizontais de modo que caibam dois números, um em cima do outro em cada quadrado que o encontro das linhas irá formar.

Imagine que a sequência de uma música seja composta pelas notas Dó-Ré-Fá-Fá-Lá

Bem, você deve agora anotar o número correspondente à nota em cada quadrado correspondente, logo abaixo da tecla, de acordo com o tom. Sugerimos que você fizesse quadradinhos que coubessem pelo menos duas notas para que você possa repetir uma nota, como o caso da nota Fá.

Não se esqueça de que quando uma nota for sustenida significa que ela está meio tom abaixo da nota, e quando for bemol estará meio tom acima. Os acidentes devem ficar bem na linha da divisória.

E dessa maneira você poderá ir repetindo as notas, escrevendo-as de acordo como ela é tocada no vídeo que você assistir. Isso é basicamente montar uma cifra, a diferença é que ao mesmo tempo em que você pratica escrever, também irá aprendendo algumas coisas, mesmo que não perceba, como escalas, compassos, acidentes musicais e como sinalizar em uma partitura, etc.

Isso não irá ajudar você a aprender a ler partituras, mas é um começo para quem ainda não domina muito bem a teoria. Você pode ir anotando na sua tabela até onde couberem as notas, e em seguida continuar em uma linha abaixo (ou um conjunto de cinco linhas, denominado pentagrama na partitura).

Esse não é o método ideal para que você possa estudar música, mas dará uma noção mais básica sobre compasso e harmonia musical. Aos poucos, o ideal é que você comece a migrar para os acordes e então finalmente para a partitura!

Gostou do método de como tocar piano sem saber ler partitura? Deixe a sua curtida abaixo e não se esqueça de compartilhar o artigo em suas redes sociais! Até logo e bom treino!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *